Top

Florença é uma das cidades mais lindas e românticas da Itália. A cidade está localizada no coração da Toscana, uma das regiões mais incríveis do país.

Um dia em Florença é suficiente para se apaixonar e querer voltar.

A Giuliana é guia em Florença e escreveu esse post super completo com os melhores passeios para fazer em Florença em um super roteiro de 1 dia pela cidade.

foto: Ohn Mar Win – http://ohnmarwin.com/

Como chegar em Florença:

Florença é a porta de entrada da Toscana e são muitos jeitos de chegar por lá.

Chegar em Florença de avião:

O aeroporto de Florença recebe voos diários das principais cidades da Europa. Não tem voo direitos saindo do Brasil, mas muitas empresas fazem voos para a cidade, incluindo empresas low costs.

Chegar em Florença de trem:

A estação Santa Maria Novella é uma das principais estações de trem do país e é super central (a aproximadamente 1km da Piazza del Duomo). É uma ótima alternativa para chegar na cidade.

Chegar em Florença de ônibus:

É a opção menos comum, mas existem ônibus que saem de Roma e costuma ser uma opção mais barata.

Chegar em Florença de carro:

É uma boa alternativa para quem quer ter flexibilidade para ir parando durante uma viagem pela Toscana.

Roteiro de 1 dia em Florença

Como guia e viajante montei este roteiro priorizando um pouco de história, vistas imperdíveis e gastronomia local.

Confira o roteiro da Giuliana de o que fazer por 1 dia em Florença:

O que fazer em Florença: pela manhã

1.  Conheça David na “Galleria della Academia”

É na galleria della Academia que você encontrará o David, famosa escultura de mármore branco de 5,17 metros de altura que representa David antes de enfrentar Golias.

Além de David, a Galeria da Academia conta com outras salas e tem uma inestimável coleção de instrumentos musicais iniciado pela família Medici em 1600, imperdível!

Vale a pena comprar ingresso pela internet com antecedência e marcar horário para visita para não perder horas na fila no museu.

Informações sobre a Galleria:

Via Ricasoli, 58-60

De terça a domingo: das 8:15 às 18:50 horas.
Fechado às segundas, 25 de dezembro, 1º de janeiro e 1º de maio.

Adultos: 12 (55,8R$).
Jovens entre 18 e 25 anos: 2 (9,3R$).
Menores de 18 anos: entrada gratuita.

2.  “Mercatto Centrale di Firenze”

O mercado é enorme e funciona como uma “grande feira coberta”, onde é possível encontrar tudo!

Na parte terreá você encontrará o melhor da gastronomia local, que é basicamente: embutidos, óleo de oliva, vinhos Toscanos o mais famoso o Chiant e queijos como o pecorino de Pienza. Mas atenção a parte terreá funciona somente até as 15h.

Lá você encontra também vários restaurantes com valores mais acessíveis. Na parte superior do mercado você também poderá encontrar vários restaurantes!

Sugestões de uma guia local:

Da Nerbone:  super tradicional e está no Mercado desde sua abertura (se quiser pedir um prato super local peça o papardelle al chinguiale, que é a carne de javali eu adoro!). O restaurante é o trippaio mais famoso da cidade!
Piazza del Mercato Centrale, 50123 Firenze FI, Itália – abre de 8h às 15h e não abre aos domingos

La pizzeria Sud:  já que em Florença a tradição não é pizza mas eles são napolitanos então pode confiar, é uma pizza maravilhosa!

Piazza del Mercato Centrale, 3, 50123 Firenze FI

3. “Palazzo Medici Ricardi”

Você tem a opção de visitar só o térreo que é gratuito ou entrar e conhecer a primeira residência da Família mais poderosa da Europa.

O Palazzo foi a residência particular da família Medici, onde Lorenzo, o Magnífico, morou. Além disso, o edifício tinha uma função pública, já que recebia figuras políticas importantes.

Em 1494 a Família Medici foi expulsa da cidade e o Palazzo e todo patrimônio familiar confiscado. Voltaram em 1512 e em 1659 Ferdinando II dos Medici vendeu o Palácio ao marquês Gabriello Riccardi, que mudou o nome do Palácio para Palazzo Medici-Riccardi.

Nessa época, Luca Giordano (1682-1685), um dos maiores pintores barrocos, decorou o teto da galeria dos espelhos com um afresco representando a Apoteose dos Medici.

Hoje, o Palazzo  é sede da Prefettura e do Istituto Storico della Resistenza in Toscana.

Caso você queira conhecer o palácio todo, será necessário comprar ingresso.

Informações sobre o Palazzo:

O Palazzo abre todos os dias (menos 4a feira) das 9 as 19h

Via Camillo Cavour, 3, 50129 Firenze FI, Itália

Museu inteiro – € 7,00

Museu reduzido – € 4,00

Até 17 anos não paga ingresso.

4. A Última ceia por Andrea del Castango

02 Visitar a ultima ceia feita em 1450 por  Andrea del Castanho no “Cenacolo di Santa Apollonia”.

A entrada é gratuita mas funciona só ate 13 :30h

 

O que fazer em Florença: pela tarde

5.  “Piazza della Signoria” e o Duomo, a Catedral de Santa Maria del Fiore

Você vai obrigatoriamente passar pelo  “Duomo” admirar a cúpula de Brunelleschi e toda basílica simbolo da cidade de Florença. A Catedral de Santa Maria del Fiore é um símbolo de Florença, uma das construções mais clássicas da cidade.

A Catedral fica localizada no coração da Piazza San Giovanni e a cúpula de Brunelleschi pode ser avistada da Piazzale Michelangelo, de tão grande!

A entrada da Catedral é gratuita, mas para visitar a cúpula, o campanário de Giotto, a cripta e o batistério, é necessário comprar ingresso antes. Para comprar seu ingresso com antecedência, clique aqui. 

Sugestões de uma guia local:

Se der vontade de um gelato minha sugestão e a “Gelateria Grom” em uma rua ao lado do Duomo.

Via del Campanile, 2, 50122 Firenze FI, Itália

Chegando a “Piazza della Signoria” considerada uma das praças mais bonitas de toda Italia nós temos o “Palazzo Vechio” as famosas esculturas renascimentais, um museu a ceu aberto a maioria delas sao originais do sec 16.

Se tiver pulado a “Galleria della Academia” veja a copia do David na Piazza.

Visite a parte térrea do “Palazzo Vecchio” e admire o estilo maneirista nos tetos e pilares do Palazzo.
Na parte térrea também tem um pequeno museu gratuito onde e possível ver uma ilustração enorme de Florença murada em 1499.

6. “Igreja de Santa Croce”

Seguir em direção Sul ate a “Igreja de Santa Croce” considerada um dos panteões da Italia estão enterrados nela: Galileo Galilei, Michelangelo, Machiavelli, Lorenzo Ghiberti entre outras personalidades italianas

7. La ponte Vecchio + La Volpe e la Uva

Voltar sentido “Ponte Vecchio” para atravessar a famosa ponte. A Ponte Vecchio é um dos cartões postais de Florença e atravessa o Rio Arno.  A ponte foi construida em 1345 e se mantém intacta desde então.

Ao longo da ponte, você encontra lojas de joias e joalheiras.

De lá, siga para um copo de vinho em uma enoteca super local e muito aconchegante. “LA VOLPE È LA UVA”.

Dicas de Vinhos locais:

Chianti

Brunello di Montalcino

Nobile di Montepulciano

Bolgheri (meu favorito)

Dica de prato:

“tagliere di afetatti” tabua de embutidos e queijos.

endereço:

Piazza dei Rossi, 1R, 50125 Firenze FI, Itália

8. “Piazzale Michelangelo”

Para finalizar fique atento ao horário do por do sol e siga para a “Piazzale Michelangelo”
A pé você chegará em uns 25 minutos tem uma escadaria considerável.

Se não gosta muito de caminhar, peça um taxi, mas não deixe de visitar e admirar um dos panoramas mais encantadores da cidade! Se for de transporte público, pegue os ônibus de número 12 ou 13 na Estação de Trem Santa Maria Novella.

Para roteiros exclusivos entre em contato

Giuliana Feliciello resolveu reunir suas 3 paixões (arte, gastronomia e arquitetura) em uma unica profissão tornando se guia oficial em 2017.
Filha de uma italiana e pai Brasileiro cresceu com as duas culturas mas seu sonho sempre foi morar no velho mundo. Hoje se considera a pessoa mais feliz do mundo podendo mostrar Florença como uma local!!

Giuliana Feliciello – Guia oficial na Toscana
+393312389272
@ladolceitaliatour

Vamos Viajar ?
Quando você faz sua reserva com os links aqui do blog, você não paga nada a mais e a gente ganha uma pequena comissão. Isso ajuda o blog a se manter. Obrigada 🙂 Se você curtiu o post, não esqueça de compartilhar com seus amigos! Ainda tem dúvidas? Deixa um comentário que vamos responder!
Hospedagem
Hospedagem: Se você é daqueles que gosta de ficar em hotel, use nosso Booking para fazer sua reserva! Em muitos casos a reserva pode ser cancelada sem qualquer custos (ver de acordo com o hotel/pousada). Já para quem prefere ficar hospedado em um apartamento/casa o airbnb é sempre uma ótima opção!
Seguro viagem
Seguro viagem: O seguro de viagem é super importante para evitar qualquer dor de cabeça desnecessária. Mas mais que isso, é OBRIGATÓRIO em viagens para a Europa. Usando o Seguros Promo você pode pagar em até 12 vezes no cartão ou receber 5% de desconto usando o código NANAMELEVA5
Aluguel de carro
Aluguel de carro: Reserve com a Rent Cars –, a cobrança é sempre feita em Reais e você não paga IOF, você ainda pode parcelar em até 12 vezes no cartão de crédito ou ganhar 5% de desconto no boleto bancário!
Chip Internacional
Chip Internacional: O chip da EasySim4u oferece diversos tipos de pacote para quase todos os países. Assim consigo viajar tranquila e continuar usando meu telefone normalmente
Transferência de dinheiro
Transferência de dinheiro: Para facilitar a vida de quem quer fazer transferência internacional de dinheiro, minha sugestão é o Transferwise
Passeios
Passeios: Para quem quer programar passeios, o Get your Guide é ótimo para ver o que fazer nas cidades e estar com a certeza de um passeio legal!

Eu sou a Ana, advogada e apaixonada por viagens desde que me entendo por gente. Dizem que a paixão por viajar é genética e não tem porque duvidar disso. A família ensinou que o melhor da vida é poder explorar cada cantinho desse mundo. Veja mais no meu instagram @nossoblogdeviagem

post a comment